O jade é uma pedra preciosa dura e considerada rara em diversas partes do mundo, muito usada em peças de semijoia, como na pulseira de jade. Sua principal característica é a cor, geralmente pendendo para o verde em diversos tons. Cada variação ocorre por causa das diferentes quantidades de ferro combinado com outras substâncias em cada pedra. 

A Ásia é um reduto especialmente rico na pedra. No entanto, sua mineração ao longo das gerações tem esgotado muitas jazidas do material. Hoje ela é bastante rara em partes da Ásia, mas permanece uma matéria-prima para joias, semijoias e biojoias, como a pulseira de jade, que é bastante popular em todo o mundo. 

História da pulseira de jade e acessórios com a pedra

Desde os primórdios das sociedades humanas o jade tem sido considerado como uma pedra de valor, assim como a pulseira de jade. Os chineses antigos eram especialmente atraídos pela pedra, considerando-a como um sinônimo de pureza e beleza. 

Desde tempos antigos as tribos humanas aprenderam a encontrar e trabalhar com esse item. Inicialmente, ele não era transformado em acessórios de vestimenta, mas em ferramentas e armas para caça. Aos poucos, ferramentas tornaram-se ornamentos e objetos usados em rituais. Acreditava-se que a pedra era capaz de trazer poderes místicos ou conectar-se com as forças da vida e da morte. 

Os trabalhos com jade continuaram em sociedades nativas de diversas partes do mundo. A Nova Zelândia e América do Norte desenvolveram tradições especialmente interessantes de artesanato usando o material. Mas quem realmente se destacou foi a China, que têm trabalhado o jade há mais de 3.000 anos. 

Por que as biojoias de jade são únicas?

O jade é uma pedra bastante peculiar. Ao contrário de metais preciosos, como o ouro, ela não pode ser fundida e moldada à vontade. Pelo contrário, por ser bastante dura ela é de difícil manejo. Para artesãos que usam ferramentas mais rudimentares ela é impossível de moldar, precisando primeiro ser cortada com abrasivos para depois ser trabalhada. 

Dependendo do local de mineração ou de coleta, a pedra vem em diferentes formatos e tamanhos. Ela também é conhecida por possuir “impurezas” que alteram sua cor e aparência. Portanto, cada pedaço de jade minerado é basicamente único. Dificilmente as mesmas circunstâncias naturais que levaram à sua formação vão se repetir em outro lugar. 

Combinando essas características com a visão de cada artesão e artista, teremos peças que nunca serão replicadas em outro lugar. Por isso, cada item de jade fabricado tem sua própria essência.

Associações e significados na China antiga

A tradição chinesa no trabalho do jade inspirou boa parte do mundo ocidental no final do século XX e século XXI. Graças a seus belos trabalhos, todo o mundo, desde Europa às Américas, ficou interessado no material e voltou a adotá-lo em seus visuais e looks. 

Os chineses antigos consideravam o jade como o material mais belo que existe na natureza. Aos poucos ele passou a ser associado a ideias de pureza e bondade de acordo com a filosofia Confucionista. Ela se tornou a pedra símbolo de casas aristocráticas da China antiga. E logo decorar uma casa ou espaço de trabalho com objetos de jade virou sinônimo de bom gosto. 

Parte da cultura local também considerava a pedra como símbolo da imortalidade. Por ser muito resistente, alguns acreditavam que o material seria indestrutível. Como resultado, usar acessórios, como brincos, gargantilha ou uma pulseira de jade, traria vida mais longa para o seu portador. 

Quando usar pulseira de jade e outras semijoias

Ao redor do ano 1.000 D.C. na China, o jade era visto ornando o pescoço de imperadores e da família real e a pulseira de jade era vista em seus pulsos. Mas hoje o uso da pedra é bem mais difundido. Inclusive ela já se tornou popular mesmo em visuais para o dia a dia e trabalho. Que tal apostar nesse tipo de joia para complementar o look e trazer todas as vantagens da pedra? Trouxemos algumas de suas possíveis aplicações. 

1. Festas e baladas

Na noite os visuais que usam jade praticamente brilham. A pedra pode ser usada em acessórios chamativos e também combina muito bem com um colar feminino mais detalhados ou numa pulseira de jade. 

A pedra pode, inclusive, ser misturada com outras semijoias ou biojoias para ficar ainda mais linda. Um colar de ouro fica simplesmente perfeito com brincos ou pulseiras do material! 

Um grande preconceito que ainda recai sobre o uso da pedra é sobre sua cor. Imagina-se que ela só fica maravilhosa com peças que contenham algo verde para combinar. Na realidade ele pode ser misturada com praticamente qualquer cor, mesmo que fique mais destacada. Afinal de contas, algo tão lindo como o jade não precisa ser escondido!

2. Passeios ao ar livre

Sim, a pedra favorita dos imperadores de dinastias antigas hoje em dia é usada como um acessório do dia a dia. Mesmo em passeios ao ar livre dá para escolher peças que combinam com vestidos e saias mais leves. 

A dica é escolher peças menores. Um colar folheado com pingente de jade é uma ótima opção e a clássica pulseira de jade também vai bem no look. Trabalhar com os acessórios minimalistas ajuda a garantir equilíbrio ao visual. Dá para aproveitar a pedra sem se preocupar em estar exagerando muito. 

3. Encontros informais

O mesmo que falamos no tópico anterior vale para todo tipo de encontro informal. Quando você escolhe um look para sair com as amigas para um shopping ou almoço geralmente opta por algo leve, fresco e bastante confortável, certo? Os acessórios precisam seguir isso. 

Escolha peças ou pulseiras mais simples. Aposte em itens minimalistas que sejam leves e confortáveis de usar. Nada de brincos super exagerados que fiquem em contraste com o restante do visual ou colares extremamente volumosos. 

4. Eventos formais

É nos eventos mais luxuosos que o jade brilha. Na forma de colar de ouro, pulseira de ouro e brincos com cortes estilosos e cheios de charme, a pedra vira a verdadeira estrela do visual. Aposte em uma combinação de acessórios e biojoias para conseguir um look ainda mais inesquecível. 

Efeitos terapêuticos da biojoia e pulseira de jade

O jade é conhecido por equilibrar as energias do organismo, além de trazer saúde e fertilidade e era muito comum que garotas recebessem uma pulseira de jade de presente como símbolo de proteção. Sociedades antigas da América Central e do Sul também usavam a pedra para tratar problemas nos rins e baço.