Uma pulseira de ouro é aquele acessório coringa com o qual você pode sempre pode contar. Em looks para noite, dia ou trabalho ela fica simplesmente perfeita, basta saber a combinação certa. Quer saber como usá-la no seu look? Confira nossas dicas para criar o mix de pulseiras perfeito ou combiná-la com outros acessórios. 

Pulseira de ouro: uma peça milenar que continua na moda

A pulseira de ouro é uma peça milenar. Desde que a humanidade descobriu como manipular metais o ouro tornou-se parte de acessórios e decoração. Alguns dos objetos mais antigos encontrados feitos com o material datam de 3.000 A.C., na Mesopotâmia. 

O metal sempre possui significado de luxo. Joias de ouro eram algo exclusivo da nobreza, somente os socialites mais poderosos e ricos conseguiam bancar esse tipo de acessório. A nobreza inglesa, em especial, era sua fã e fez com que peças feitas em ouro se tornassem populares em todo o mundo. 

Durante a época vitoriana o ouro passou a ser relacionado a itens com valor sentimental. Muito usado em medalhões e correntinhas, ele sempre estava relacionado a alguém querido. Aos poucos, o costume de usá-lo em classes “mais baixas” se espalhou para outros países. 

E quem disse que depois de 3.000 anos os acessórios feitos com o metal dourado caíram em desuso? Eles estão mais populares que nunca! Seja em peças maciças ou em folheados, o ouro ainda faz parte da moda e da imaginação das pessoas. 

Nisso tudo, as pulseiras ganham destaque por serem versáteis e se encaixarem em diversos tipos de looks. 

Como usar uma pulseira de ouro em um mix de pulseiras

Há alguns anos provavelmente você ouviria que usar várias pulseiras de ouro carrega demais o visual. Mas hoje não precisa se preocupar com isso. O mix desses acessórios é uma tendência moderna que veio para ficar e envolve colocar quantas pulseiras você quiser no braço. 

É claro que tudo depende da forma como essa combinação é feita. Com alguns truques é possível combinar qualquer pulseira nesse metal no seu look junto de seus acessórios preferidos. Quer experimentar? Continue lendo para entender mais e conseguir criar visuais incríveis com essas peças. 

1. Cuidado com o equilíbrio da composição

Equilíbrio é a chave para qualquer coisa na vida. De estudos e trabalho a relacionamentos, tudo precisa dessa característica para dar certo. E isso também vale para seu look! A ideia é fazer com que a composição que mistura diversos tamanhos e tipos de pulseiras pareça uniforme, quase como se fosse uma única peça. 

Para isso recomendamos muito cuidado com o exagero. Sabemos que a vontade de colocar várias pulseiras muito chamativas é grande, mas resista. Lembre-se que o mix é uma obra de arte. Por isso, precisa de um ponto de foco (geralmente a peça maior e mais colorida). As restantes são complementares. Elas receberão a mesma quantidade de amor e atenção, mas não podem se sobressair. 

2. Misture cores além da pulseira de ouro

Uma pulseira de ouro ou folheada a ouro é simplesmente perfeita, mas usar somente acessórios desse tipo na composição talvez deixe o visual um pouco carregado. Existe uma forma excelente de variar um pouco e ainda dar um toque mais descolado para seu mix de pulseiras: usando e abusando das cores. 

As fãs das biojoias certamente tem peças de várias tonalidades escondidas na gaveta. As cores variadas de pedras, madeira e até fibras ajudam a dar um contraste interessante.

Algumas pessoas gostam de incluir uma pulseira com pingentes coloridos. É a melhor forma de dar um pouco da sua personalidade à combinação e ainda variar nas cores. Já experimentou?

3. Inclua joias delicadas no mix

E quem disse que as pulseiras mais finas e delicadas só podem ser usadas sozinhas? Nada disso! Elas se encaixam muito bem em mix de pulseiras, especialmente quando estamos falando de uma peça feita de ouro. Inclusive é possível criar uma combinação somente com esse tipo de acessório. 

Várias correntes finas e pulseiras mais delicadas são ótimas para quem não tem costume de usar misturas mais chamativas. Elas ficam com um visual estiloso e casual. Looks para o dia a dia ficam excelentes com esse tipo de combo. 

Aproveite para combiná-las com vestidos mais leves e soltinhos, camisetas e saias. É a opção certa de acessório para uma tarde com as amigas ou passeio no shopping. 

4. Misture outros materiais de pulseiras femininas

Se a mistura de cores de pulseiras femininas fica maravilhosa em um mix, a de materiais deixa tudo simplesmente deslumbrante. Muitos se enganam e pensam que só podem fazer mix quando todas as peças seguem o mesmo padrão, mas o mais legal é fazer diferente!

Recomendamos apostar na mistura de biojoias e semijoias folheadas para conseguir o melhor visual possível. No entanto, não exagere na variedade. Se as peças tiverem nada em comum é possível que surja um certo estranhamento. 

A dica aqui é sempre encontrar algo em comum entre elas. Um pingente de madeira já é o suficiente para fazer com que um acessório de ouro combine com outro de sementes. O detalhe pode até ser pequeno, mas traz harmonia ao look. 

5. Inclua peças diferentes, como uma pulseira artesanal

Quem segue as tendências na área de acessórios deve ter percebido que os artesanais, como uma pulseira artesanal, ganharam o holofote. Feitos por artesãos com experiência na manufatura das peças elas nunca são idênticas. Essa é a magia das biojoias e pulseiras artesanais produzidas com materiais alternativos, como cascas de árvores, sementes, fibras e pedras naturais. 

E quem disse que elas precisam estar sozinhas nisso? Combiná-las com pulseiras delicadas é uma ótima maneira de dar um pouco de destaque e charme para a combinação. 

O resultado é uma combinação moderna e descontraída de materiais. O melhor de tudo é que você pode aproveitar para combinar outros acessórios do look, como um colar de ametista. 

6. Ouse com tamanhos e espessuras diferentes

O mais comum em um mix de pulseiras é apostar em espessuras bastante similares. Ou seja, você utilizaria sua pulseira de ouro favorita e, se fosse fina, incluiria outras peças delicadas, como correntinhas. Isso fica lindo, mas trazer um pouco de contraste para o mix também é bastante interessante. 

Outros acessórios que combinam com uma pulseira de ouro

Talvez sua ideia seja criar um visual com uma pulseira de ouro que não seja um mix. Tudo bem! Ainda existem dezenas de possibilidades de combinações. A primeira delas é a mais óbvia: um look com tudo em ouro! Brincos e colares folheados ou maciços ficam simplesmente perfeitos quando combinados com a pulseira. A dica aqui é escolher um para se destacar. 

Vale a pena investir em um colar mais volumoso ou pulseira com mais detalhes para que vire o foco do visual. Uma outra opção é trabalhar com dois acessórios de ouro e um deles em material diferenciado. Como pulseira e brincos de ouro combinados com colar de pérolas

As pedras sempre tem espaço nesse tipo de combinação. Biojoias ficam excelentes quando combinadas com qualquer look que use acessórios com esse metal.

Cuidados na hora de escolher sua pulseira de ouro 

Mesmo que uma pulseira de ouro seja apaixonante, recomendamos não comprar uma peça de ouro ou folheada por impulso. Algumas vezes não levamos todos os detalhes da maioria de nossas roupas ou outros acessórios e acabamos sem usar a peça. Confira no que prestar atenção antes de comprar. 

pulseira de ouro com quartzo rosa Ceci Joias da Amazônia semijoias

1. Tome cuidado com o tamanho das mangas

Essa é uma dica que raramente vemos por aí: antes de comprar lembre-se do tamanho das mangas de suas roupas. Quem usa regatas com bastante frequência ou camisetas pode até dispensar esse tópico, mas as fãs de mangas longas precisam ficar atentas. 

As mangas costumam esconder esse acessório, especialmente se forem largas. Uma blusa básica com mangas longas mais justinhas até fica interessante com uma pulseira maior, mas vale a pena experimentar.  

Na dúvida, teste o look para ter certeza que a combinação fica interessante. 

2. Tenha uma pulseira de ouro coringa

Vamos admitir: adoramos acessórios chamativos, cheios de cores e pedras e detalhes, mas todo mundo precisa de uma pulseira de ouro coringa para incluir no seu visual do dia a dia. Por isso, tenha sempre uma pulseira simples folheada a ouro que sirva para qualquer look. 

Pode ser uma corrente delicada ou uma pulseira com pingentes pequenos, algo que demonstre sua personalidade sem chamar atenção em excesso. O ideal é que uma peça coringa não seja muito colorida. Assim, você não precisa se preocupar com qual cor ela combina ou não dentro do seu visual. 

3. Escolha pulseira de ouro confortável

Sabia que muitas pessoas cometem um erro mortal na hora de escolher sua pulseira de ouro? Elas esquecem que a pulseira ficará o dia inteiro em seu pulso, por isso precisa ser extremamente confortável. Escolha algo que tenha o tamanho e peso adequado para não causar qualquer tipo de desconforto. 

Os alérgicos já sabem: ouro e prata são revestimentos perfeitos por não causarem coceira ou irritação. Depois, basta acertar no formato. Dependendo da roupa que está usando, também é importante evitar peças com partes pontiagudas que podem enroscar em rendas e fios soltos. 

4. Cuidado com o tamanho da pulseira de ouro

Cada pessoa é única, seja em seu estilo ou tamanho, e o mesmo é válido tanto para uma pulseira de ouro, quanto para seu pulso. Para saber o tamanho correto é fácil: pegue um pedaço de fita e enrole no pulso de forma a deixar uma folga. Lembre-se que precisa estar confortável, exatamente da forma como você usaria. Depois tire e meça com uma régua, você procura uma pulseira com esse tamanho aproximado. 

Dúvidas comuns

Ainda está com dúvidas na hora de combinar a pulseira de ouro no visual perfeito? Fique tranquila, escolhemos algumas das perguntas mais comuns na hora de comprar joias artesanal para ajudá-la a ficar perfeita! Confira. 

1. Posso combinar pulseira de ouro e relógio? 

E quem disse que você precisa escolher se quer usar pulseira de ouro ou relógio? Pode sim usar os dois e o resultado é uma mistura inovadora e linda. Só tome cuidado na escolha: ele precisa combinar com a pulseira ou pulseiras que montam o mix. 

Por isso, um relógio muito esportivo, feito de borracha ou materiais mais coloridos não é muito adequado. Opte por modelos delicados, de preferência de revestimento metálico ou também folheado a ouro ou a prata. 

Quanto ao tamanho, fica à sua escolha. Tudo vai depender do que você deseja que se destaque. Se a pulseira for o foco do mix de acessórios, opte por um modelo mais volumoso e um relógio mini e delicado. Quanto é o contrário, o relógio pode ser maior e a pulseira mais discreta sem maiores problemas. 

2. Pulseira folheada a ouro combina com joias feitas de modo artesanal feitas de modo artesanal? 

A resposta é mais um grande sim! O ouro é um material bastante versátil que aceita variadas combinações, inclusive de peças com acabamentos naturais. Sejam elas em madeira, sementes ou até mesmo pedras. 

Escolha sua combinação preferida e monte um mix de joias maravilhoso! Isso é válido tanto para outras pulseiras quanto para colares e brincos. Só tome cuidado para não se empolgar demais e deixar o look muito carregado de cores e formas. Escolha um destaque e complemente o restante considerando isso.  

3. Posso usar pulseiras em ambos os pulsos? 

Claro! Use e abuse de suas pulseiras preferidas, mas tenha em mente que é muito mais fácil exagerar quando estamos usando pulseiras nos dois pulsos. Sempre é interessante escolher um lado para ser o “centro” do visual e colocar os itens mais chamativos nele. O outro pode ser usado como um “braço” complementar, com correntinhas e pulseiras delicadas que te fortalecem. 

Dicas para cuidar da sua pulseira de ouro

Todos queremos que os acessórios preferidos, como aquela pulseira de ouro preferida, durem para sempre. Talvez isso não seja possível, mas dá para chegar perto com os cuidados corretos. Confira nossas dicas para conservar pulseiras e acessórios de ouro ou folheados. 

1. Use uma flanela limpa e macia

Cuidado com os panos escolhidos para a limpeza. Buchas, esponjas e outros itens abrasivos são completamente proibidos, já que arranham a superfície. Você pode apostar em panos macios, de preferência uma flanela ou trapo de algodão limpos para higienizar sua peça. 

O ideal é usar uma flanela seca para tirar somente a poeira. Evite precisar molhar a peça o tempo todo para limpeza, já que isso acelera o processo de oxidação natural. 

2. Evite usar produtos químicos 

Produtos químicos reagem ao metal e causam todo tipo de problema, de perda de brilho a manchas. Por isso, evite deixar que entrem em contato com sua pulseira favorita. Tire o acessório na hora de limpar a casa e nunca use detergentes, desinfetantes e desengordurantes para higienizar o ouro. 

Também recomendamos colocar o acessório no corpo só depois de terminar de aplicar a maquiagem e aguardar um pouco. Assim, ela estará seca e as chances de manchar são bem menores. 

3. Nada de usar receitas caseiras

Encontramos milhares de receitas caseiras na internet para deixar o ouro novo, mas nenhuma delas é segura. Siga com o bom e velho paninho seco para tirar o pó, isso é infalível! 

Caso sua pulseira esteja especialmente suja, use um pano macio úmido e um pouco de detergente neutro, nada mais. Depois seque bem antes de guardar em qualquer caixinha para evitar que a umidade favoreça o acúmulo de ferrugem.