O citrino está presente em toda a história da humanidade, dos adornos antigos às semijoias atuais. Muitos povos e culturas o utilizaram para fabricar jóias e acessórios, seja por sua cor amarelada ou pela crença de suas habilidades sobrenaturais. Para termos noção da história do material basta ver seu nome, derivado do grego. Ela foi chamada de citrino pela cor amarelada, termo que pode ser traduzido para “pedra de limão”. 

Mas seu primeiro registro foi na região onde hoje encontra-se Israel. Essa pedra foi encontrada em colares que datavam do início da era cristã. Ela também foi usada para fazer desenhos em baixo relevo. 

Os romanos, em especial, foram grandes amantes desse mineral. Para eles, o citrino era um material capaz de proteger quem o usasse de mau olhado e inveja. Por isso, a pedra era utilizada dentro dos lares para manter a paz doméstica. Bastante rara no velho mundo, ela era mais encontrada em casas nobres. 

Com o descobrimento da América e suas fartas reservas de citrino, a pedra ficou mais comum nas joalherias. Aparecendo em todos os tipos de peças, de joias a semi joias, ele caiu no gosto de todos que amam moda e bons acessórios. 

Como citrino é usado em semijoias e decoração

Hoje em dia o citrino é bastante popular com diversos tipos de públicos. Há quem se apaixone por sua cor e use e abuse do material em peças, como colares, correntes e pulseiras. No entanto, suas aplicações são bem mais amplas!

Ele pode ser usado como elemento decorativo dentro da casa na forma de esculturas, estatuetas ou até como a pedra natural. Existem também amuletos de citrino específicos para afastar inveja e ciúmes que devem ser colocados em pontos estratégicos. 

Existem outros que acreditam que para aproveitar ao máximo o poder da pedra ela deve estar sempre perto. Por isso, a carregam em formato de chaveiro por onde vão, seja nas chaves do carro, da casa ou até na própria bolsa. 

Por último, é curioso mencionar que alguns amuletos de citrino são feitos para serem usados embaixo do travesseiro. A ideia é tranquilizar o sono e afastar maus pensamentos de quem os usa. 

Benefícios do uso do citrino

Por sua cor amarelada civilizações antigas acreditavam que o citrino continha o brilho do sol. Assim, ele teria o poder de neutralizar diversos tipos de energias negativas em seu usuário. Ela também está ligada a proteção, melhora na intuição e purificação do ambiente e pensamentos. 

Especialistas esotéricos indicam muito seu uso para quem quer prosperidade financeira. Ela possui energia revigorante, dando energia para realizar todos os seus projetos e muita motivação para atividades físicas e estudos. Usar citrino em acessórios ou decoração evita estresse e esgotamento mental, algo muito comum na sociedade moderna. 

Alguns creem que a pedra é capaz de realizar limpeza no sistema digestivo e em todo o metabolismo. Portanto, os amuletos também podem estar em garrafas d’água e bebedouros para conseguir esse benefício. O líquido que foi exposto ao citrino diminui a vontade de beber ou fumar, ajudando dependentes em seu processo de recuperação.

pescoço de mulher usando colar semijoias de citrino e outras pedras coloridas

Benefícios espirituais e psicológicos

Além de tudo que já mencionamos, a pedra possui muita força espiritual. Ela está muito ligada a melhorias na energia espiritual de quem a usa. Primeiramente, ela acalma o usuário e promove bem-estar físico e, principalmente, mental. Para complementar, também estimula o raciocínio rápido. 

Para os fãs da meditação essa pedra é uma verdadeira benção. Acalmando a mente e a alma ela proporciona um momento ainda melhor para conectar-se com suas energias interiores. Além disso, ajuda na hora de abrir o coração, entender e lidar com seus problemas. 

Entre os místicos, a pedra com o poder da luz do sol também é conhecida por abrir caminhos. Aposte nela se você se encontra numa encruzilhada e não sabe para onde ir. Usar o citrino pode ajudar muito na decisão. 

Quem deve usar a pedra em semijoias?

Praticamente todos podem aproveitar os benefícios do citrino. Mesmo quem não é particularmente inclinado a acreditar em conhecimentos esotéricos e misticismos pode aproveitá-la por sua beleza em cada peça de joia. 

Quando o assunto são signos, os librianos e librianas devem se sentir particularmente atraídos por joias feitas com essa pedra. Seus aspectos vibracionais são semelhantes, o que os torna excelentes companheiros. Leoninos, virginianos e geminianos também são bastante ligados em acessórios de citrino. 

Além disso, qualquer um que deseje ter melhor disposição, conseguir purificar os pensamentos e desenvolver coragem para enfrentar os desafios da vida conseguirá benefícios da pedra. Já decidiu adquirir uma peça feita de citrino para incluir no seu visual?

Dicas para cuidar de sua pedra

A pedra citrino precisa de limpeza rotineira para manter suas propriedades espirituais intactas. Isso pode ser feito de diversas formas, mas a mais comum é utilizando água corrente. Basta colocá-la em uma fonte de água limpa e corrente, como um córrego ou até mesmo a pia de casa, e deixá-la por alguns minutos. 

Também é importante realizar seu carregamento de energias espirituais. Por estar muito conectada ao sol isso pode ser feito expondo a peça à luz solar. Só não exagere no tempo de permanência para não prejudicar outros materiais que possam compor a semijoia. 

Quanto à limpeza física recomendamos o uso de uma flanela seca para remover o pó. Se for necessário fazer uma limpeza mais “pesada”, use sabão neutro e enxague bem com água corrente. 

As melhores combinações para semijoias de citrino

Os variados tons de amarelo do citrino combinam com todo o tipo de material. Indo do amarelo claro, semelhante ao limão que dá seu nome, até o laranja avermelhado, a pedra é perfeita para quem ama semi joias que combinam cores quentes. É possível utilizá-lo junto de outros cristais e pedras naturais, madeiras e fibras, porém o que mais chama a atenção são peças completamente feitas de citrino e folheados, confira abaixo. 

Semijoias folheadas a ouro

O ouro possui cores complementares aos tons encontrados no citrino. Por isso, peças feitas com correntes de ouro e pingentes da pedra ficam simplesmente extraordinárias! Elas podem ser colares, brincos delicados ou até pulseiras. O melhor de tudo é a versatilidade desse tipo de look, já que os folheados a ouro podem ser usados em praticamente qualquer situação. 

Semijoias folheadas em prata

Enquanto o dourado complementa os tons amarelos, o prateado dá um contraste bastante interessante. O tom é mais adequado para joias finas e delicadas, como gargantilhas e colares com pingente mais discreto. Mas nada impede de combinar três acessórios folheados em prata e usar os detalhes em citrino para deixá-los ainda mais chamativos.