As pérolas são as gemas usadas há mais tempo por humanos para fazer seus acessórios e peças, como o colar de pérolas. Há algum tempo ela chegou a ser considerada como a joia mais cara do mundo, já que era rara e difícil de coletar. Na natureza, a produção da gema é bastante complexa, pois pouquíssimas ostras realmente chegam a produzir esse insumo para fazer um colar de pérolas de biojoias, por exemplo. 

Esse tipo de gema é tão antiga que seu nome vem do latim usado pela civilização romana. O termo “pirla” significava algo com a forma de uma lágrima. No período, seu uso era bastante difundido e ela era relacionada ao amor. 

Tão raras e difíceis de conseguir, elas rapidamente ganharam espaço entre a nobreza europeia nos séculos seguintes. O material ficou tão conhecido que precisou ser proibido por lei para plebeus e qualquer um que não tivesse nascimento nobre. Durante os séculos XIII e XIV só quem nascia em famílias mais abastadas poderia usar um colar de pérolas no pescoço. Talvez pareça um absurdo para nós atualmente, mas a gema era rara a ponto de só algumas unidades do acessório poderem ser produzidas. 

Roupas adornadas com pérolas também eram bastante populares entre a aristocracia. Uma das eras da monarquia inglesa, a era Tudor, que ocorreu durante o século XVI, até ficou conhecida como a era das pérolas. 

Colar de pérolas nos tempos modernos

Com o tempo ficou mais fácil extrair a gema das ostras para a confecção de colar de pérolas e a revolução francesa aboliu diversas leis que garantiam exclusividade nobre para certos costumes. Isso levou à popularização da gema mais querida da história, que passou a ser usada como presente de casamento e noivado. 

Sua cor e formato fez com que elas se tornassem relacionadas à pureza, inocência e bondade. Eventualmente, campanhas relacionadas ao dia das mães começaram a ligá-las à figura materna, fazendo com que o colar de pérolas ganhasse popularidade nesta data comemorativa. 

Entre 1900 e 1920 asiáticos começaram a explorar ostras de forma comercial, iniciando o uso de pérolas cultivadas. Isso tornou os acessórios feitos com o material muito mais acessíveis, solidificando seu lugar no mercado de acessórios e joias. 

A primeira-dama americana, Jacqueline Kennedy também ajudou a tornar as pérolas ainda mais atraentes para as mulheres. Em diversas de suas aparições públicas ela usou seu icônico colar de três voltas e brincos solitários, também de pérolas. Itens similares continuam garantindo sua popularidade nas biojoias. 

Como se forma a gema para fazer colar de pérolas para biojoias

Quando vemos um colar delicado feito de pérolas é difícil de imaginar que elas são formadas dentro de um molusco. As ostras produzem uma substância chamada de nácar para proteger-se de corpos estranhos. Quando um grão de areia ou outras impurezas entram em seu corpo, a substância começa a ser liberada aos poucos e rodeá-lo. 

O nácar, chamado algumas vezes de madrepérola, é formado de calcário, aragonita e materiais orgânicos que compõem a concha. É essa estranha mistura que forma as contas brancas com um brilho único que conhecemos em diversos tipos de acessórios. 

Como mencionamos anteriormente, o processo é bastante raro em circunstâncias naturais. Geralmente o corpo estranho que causa irritação e provoca a liberação de nácar é outro organismo ou impureza da própria água. Apesar da substância branca solidificar-se rapidamente, pode demorar muito até que suas camadas se acumulem e formem a pérola. 

A gema só fica realmente redonda quando o parasita está completamente recoberto pelo nácar.

Diferença entre pérolas naturais e cultivadas

Atualmente comprar biojoias de pérolas não é exclusividade da família real britânica. Pessoas comuns, como eu ou você, podem adquiri-las a preços bem mais acessíveis, principalmente por causa do cultivo de ostras. 

As naturais são aquelas encontradas dentro das ostras que foram produzidas sem qualquer interferência humana. Com proporção de 1 em 1 milhão, elas são extremamente raras e trabalhosas para encontrar. Nos dias de hoje praticamente não se utiliza mais pérolas naturais. 

As cultivadas aceleram o processo e são feitas em “fazendas” de ostras quando o “fazendeiro” insere uma madrepérola no interior da concha. Mesmo assim, é possível que ocorram erros. Algumas ostras produzem pérolas com baixa qualidade ou que não estão completamente formadas. 

Conheça os variados formatos para colar de pérolas usados em biojoias

Dependendo do lugar onde a madrepérola é inserida a pérola fica com diferentes formatos e na hora de fabricar colar de pérolas, brincos e outras peças, os formatos garantem uma variedade de efeitos e beleza únicos para cada um. Listamos as mais comuns e suas características abaixo. 

Redonda

É o formato mais clássico e conhecido através da cultura. Ela possui aparência completamente redonda aos olhos e é uma das mais populares para criar acessórios únicos, como pingentes e brincos solitários. Existem algumas das gemas que ficam praticamente redondas, mas ao pegá-las nas mãos é possível perceber que são um pouco alongadas. Isso é normal, já que ela é produzida no interior de um organismo vivo. 

Gota

Neste tipo de gema o nácar cria uma forma quase perfeitamente simétrica de uma gota. Uma de suas pontas é maior e arredondada, enquanto a outra é mais fina. Também é bastante comum em pingentes, brincos e pulseiras. 

Semibarroca ou barroca

Algumas vezes a cobertura da pérola é irregular, gerando formatos bastante variados e que não são simétricos. Todas são consideradas como barrocas ou semibarrocas. Em semijoias, sua aparência traz um ar mais rústico e único para a peça. 

Oval

Assim como as redondas, as ovais são simétricas, porém possuem laterais mais alongadas e achatadas. É possível combiná-las com as redondas em diversos tipos de acessórios, como colares e pulseiras. 

Colar de pérolas de diversas cores

Tradicionalmente, vemos pérolas brancas e cremes em boa parte do colar de pérolas que celebridades usam, mas sabia que existem outras variações que podem ser encontradas na natureza ou em fazendas específicas. Confira algumas das suas variações: 

  • Dourada ou champanhe; 
  • Negra;
  • Azul; 
  • Rosa; 
  • Verde;
  • Acinzentada. 

Algumas vezes também existem nuances entre as cores de pérolas. Um tom que deveria ser champanhe, por exemplo, pode apresentar pigmentos que o misturam com o rosa. Também é essa variação que as torna tão belas e fascinantes. 

As pérolas possuem um brilho moderado, tornando-as perfeitas também para visuais do dia a dia. Tão versáteis e lindas, elas certamente merecem estar na sua coleção de acessórios, seja de joias ou de biojoias.

Dicas para usar colar de pérolas

Acredite: o colar de pérolas pode ser o que você quiser. Do clássico à expressão da modernidade ou combinando com um visual mais alternativo, tudo depende de como você combina a peça. Muitos deixam de usar alguns dos acessórios mais belos que alguém poderia conhecer porque, pensam que são sinônimo de um estilo antiquado. 

Queremos que você deixe essa ideia para trás: confira algumas dicas para começar a usar esse tipo de colar com qualquer look!

1. Combine com um colar delicado

A sobreposição de colares é uma das tendências mais fortes dos últimos anos. O colar de pérolas é naturalmente sofisticado, por isso, quem deseja criar um visual mais propício para o dia a dia pode apostar em uma combinação. 

A dica é misturar com algo delicado, como uma corrente com pingente de jaspe azul ou outra pedra natural. Assim, você cria um contraste mais informal e casual para o look. Pérolas brancas são especialmente adequadas para as combinações, já que sua cor combina com qualquer tipo de material. Até mesmo um colar de madeira fica excelente no visual! 

2. Aposte em pingentes para um look mais casual 

É apaixonada por pérolas, mas não se sente confortável em usar um colar feito somente com elas? Existem opções muito interessantes para os visuais do dia a dia com pingentes. Um pingente de pérola pode ser feito somente com a gema ou com uma mistura de elementos folheados e pedras naturais. 

Quando usadas em uma corrente longa ou gargantilha ficam extremamente delicadas! Aposte em pingentes menores quando o objetivo for somente acrescentar um brilho ao look. Se a intenção for transformar o colar no centro das atenções, exagere no tamanho e comprimento. 

3. Complemente um look básico com colar de pérolas

Os looks básicos costumam ser a base do visual de escola, faculdade e trabalho de muita gente. E não está errado! Eles são práticos, confortáveis e simplesmente irresistíveis. O problema é que algumas vezes podem ser um pouco apagadas, algo que um colar bem escolhido resolve. Quando resolver usar um look básico para o dia coloque um colar feito de pérolas de comprimento médio. A cor fica à sua escolha, já que todos os tons de pérolas são coringa e ajudam a atrair muito mais atenção para você. 

4. Mix de acessórios com pulseira de pérola

Quem disse que não tem como amar os acessórios de pérolas e outros tipos de colares? Essa dica é para as que amam um visual moderno, descolado e pouco convencional, mas extremamente bonito. 

Crie um mix de colares com um único de pedras no meio. Mas não pare por aí! Use uma pulseira de pérola para conseguir destacar o material. 

Como usar cada tamanho de colar de pérolas

Sabia que existem diferentes comprimentos de colar de pérolas? Cada um deles gera um efeito no visual. Aproveitamos para explicar um pouco mais sobre como usar cada um deles. 

1. Colar de pérolas longo

Os tipos de colar de pérolas longos são sofisticados, especialmente quando combinados com um vestido longo ou look formal. A dica é usá-los sozinhos quando quiser um efeito mais chamativo para conseguir destacar o visual. 

Se quiser variar e dar aquele toque casual à combinação, combine o colar com um vestido ou blusa com estampa floral. Acredite, o combo não deixa o colar mais apagado e as cores combinam muito com todos os tons de pérolas! As de tom coral e rosé também são excelentes para esse tipo de visual. 

2. Colar de pérolas tipo gargantilha 

O colar de pérolas estilo gargantilha destacam o pescoço e o colo, direcionando o olhar para essa parte do corpo. Mas também são bastante versáteis, podendo ser usadas com roupas decotadas ou gola alta. 

A recomendação por aqui é apostar em uma gargantilha simples para o dia a dia e uma camiseta com decote V não muito profundo. Assim, você consegue trazer mais simplicidade à combinação. 

À noite vale a pena experimentar um pouco mais. Uma camisa cacharrel ou vestido gola alta ficam simplesmente perfeitos e muito sofisticados com gargantilhas de pérolas! Adicione um cinto grosso à cintura e um chapéu para trazer um toque mais retrô ao estilo. 

3. Corrente com pingente de pérola

Quando em dúvida, aposte em uma corrente! Especialmente se ela for folheada a ouro ou prata, para aumentar sua durabilidade e eliminar a chance de ter uma alergia pelo contato do material com a pele. 

Os pingentes de pérolas vêm em variados formatos, tamanhos e cores. Dá até para variar ao longo da semana de acordo com seu gosto! Eles são excelentes para looks casuais, para o dia a dia e para o trabalho. Basta combiná-los com suas roupas preferidas e arrasar.

Combinações para não errar no look

Que tal apostar em algumas de nossas combinações preferidas de pérolas? Trouxemos alguns looks coringa abaixo para quem quer arrasar com uma dos insumos mais usadas pela civilização. Confira abaixo! 

1. Camiseta gola V + colar longo 

Escolha uma camiseta básica com gola V para seu visual do dia a dia. Para dar aquele efeito especial, inclua um colar longo com contas pequenas. Se escolher usar uma roupa escura, como azul, preto ou cinza, vale a pena apostar em pérolas rosé para um look ainda mais diferenciado. 

2. Colar longo + gargantilha de ouro

Essa dica vai mudar sua vida: as pérolas combinam, e muito, com itens folheados a ouro. O dourado parece ter a habilidade de destacar ainda mais as contas brancas. Então combine uma simples gargantilha folheada com colar longo de pérolas para conseguir um look bastante sofisticado. 

3. Colar médio + camisa social 

Há quem diga que a camisa social é um item difícil de incluir no look. Afinal de contas, parece impossível encontrar acessórios que não sejam um contraste muito grande com sua sofisticação. Ou pelo menos esse é o caso quando não estamos falando das pérolas. 

Quer experimentar? Coloque sua camisa preferida e deixe os botões mais próximos do pescoço desabotoados. Depois, inclua um colar médio de pérolas simples para ver o resultado. Fica simplesmente lindo e perfeito para um dia de trabalho ou reunião mais formal.