Joias artesanais são peças muito especiais que carregam valor emocional e beleza única. Enquanto as joias convencionais são feitas em uma linha de produção gigantesca sem tanto envolvimento dos fabricantes, as artesanais são feitas usando processos manuais cuidadosos. 

Isso é especialmente comum quando falamos das biojoias, que costumam ser fabricadas com materiais naturais e pedras semipreciosas. Tudo envolve muita criatividade para conseguir o resultado desejado e ainda inovar na peça. 

Algumas joias delicadas são, inclusive, presentes muito mais cheios de sentimentos graças ao seu processo de fabricação artesanal.  Elas existem em diversos formatos, de pulseiras femininas delicadas a colar gargantilha. Confira como elas são fabricadas abaixo!

Etapas da produção de joias artesanais

Joias não artesanais são feitas em linhas de produção extensas. Isso significa que no final temos uma quantidade enorme de peças idênticas que tiveram pouquíssimo envolvimento humano em sua fabricação. Por isso, o processo que leva ao surgimento das peças artesanais é tão especial! 

Descrevemos como ele acontece e como cada etapa influencia em um resultado simplesmente fenomenal. 

1. Criação e prototipagem 

Toda peça possui um designer que imagina como será o resultado final. É nessa etapa que ele cria o desenho manualmente, para isso usa inspiração dos mais variados lugares e de grandes nomes da moda. Depois, utilizam-se softwares especializados para iniciar a etapa de prototipagem, que nada mais é do que fazer um desenho, um protótipo digital de como a peça será. Afinal de contas, é importante conseguir visualizar como uma joia ficará quando terminada. 

Para tirar a ideia do papel (ou da tela) usa-se um sistema de usinagem, criando-se um primeiro modelo de teste. A ideia é experimentar para ver se ela realmente ficou harmônica e confortável para o uso e se atende aos requisitos de qualidade da marca. 

O tipo de matéria-prima usado nessa fase varia. Em geral, usam-se ligas metálicas ou plástico para conseguir os primeiros protótipos. As fibras naturais e pedras semipreciosas só chegam à peça durante as etapas de confecção que descreveremos abaixo. 

2. Confecção das joias artesanais

Nas joias artesanais tudo começa pela fabricação do “esqueleto” da peça, ou seja, suas partes mais básicas. Primeiramente, cria-se um molde que servirá para injetar os primeiros materiais envolvidos na fabricação de semi joias. 

Após fabricar o protótipo, inicia-se a soldagem dos apoios que serão usados na montagem final. Isso servirá de sustentação durante o restante das etapas de montagem. Neste momento a peça não está nem perto de ficar pronta! Mas já é possível enxergar um pouco do resultado final. 

Tudo é feito à mão para garantir maior precisão no processo. 

3. Preparo de moldes para metais

Até aqui os artesãos envolvidos no processo criaram moldes e uma base para criar a biojoia perfeita. Agora precisamos prepará-los para conseguir um resultado realmente espetacular. 

Para isso, mergulha-se a base, ou árvore, em um recipiente com gesso em estado líquido. Depois a peça vai ao forno para que o gesso seque mais rapidamente e ganhe forma e muito mais resistência. Durante esse processo surgem cavidades que serão usadas para fazer a versão final do item. 

Está percebendo como tudo é detalhado e cuidadoso? Sem esse processo inteiro não seria possível conseguir joias tão lindas e únicas.

4. Detalhes e acabamento das joias artesanais

Boa parte das joias artesanais que vemos em lojas especializadas usam pedras naturais, seja em contas ou pingentes. Agora temos uma novidade para você: cada uma delas é cravada manualmente por ourives. Eles usam um processo manual bastante demorado para conseguir o melhor formato e ajeitar as pedras à peça. 

Nesta etapa também é preciso avaliar toda a matéria-prima para identificar imperfeições que possam prejudicar o processo final. Por último, a peça (tanto pedras quanto parte metálica) ainda deve passar por um polimento especial. 

Queremos que nossas peças brilhem sempre e muito, não é mesmo? O polimento usa equipamentos específicos para isso e ainda ajuda a aumentar a durabilidade da joia. Partes metálicas também recebem um banho de ouro ou prata para evitar ferrugem e envelhecimento precoce. 

5. Embalagem das joias artesanais

As joias artesanais estão prontas, lindas e maravilhosas, só esperando serem usadas nos eventos mais importantes da sua vida! Agora elas serão embaladas e armazenadas para que fiquem em perfeito estado até o momento da compra. Dependendo da marca, os materiais para a embalagem também são ecológicos. 

Por que usar joias artesanais? 

Será que vale a pena passar por todo esse trabalho para criar semi joias artesanais? Os artesãos diriam que sim, nada é tão gratificante quanto ver uma verdadeira obra de arte tomar forma. Mas também existem motivos para você começar a adotá-las, continue lendo para entender mais. 

1. Consumo mais consciente

Aqui na Ceci Joias trabalhamos com uma mistura de pedras naturais e insumos da Amazônia para conseguir criar cada peça. A parte de criação do molde com gesso, que você leu acima, não é feita, pois isso é um trabalho mais de ourivesaria e utilizamos outra técnica para a produção de nossas peças. A intenção é diminuir o desperdício envolvido na fabricação dos itens e os impactos à natureza. 

Além disso, as biojoias são feitas em território nacional, diminuindo o uso de combustíveis fósseis para seu transporte. Todo o processo de produção manual garante maior sustentabilidade. 

2. Joias únicas e exclusivas

A produção artesanal significa que uma joia nunca é igual à outra. Mesmo que o artesão tente é simplesmente impossível repeti-las. Seja o tom das pedras ou uma diferença na textura da fibra usada, algo sempre muda de uma peça para a outra. 

Isso significa que, quando você adquire uma joia artesanal, está comprando algo que só você tem nesse mundo. A exclusividade é um conceito muito caro ao mundo da moda, que ajuda a demonstrar toda a sua personalidade através do visual. 

3. Manutenção de tradições milenares

Muitos dos materiais naturais usados na fabricação de joias artesanais são coletados por comunidades locais da Amazônia e de outras regiões. Muitos desses processos de coletas são milenares e existem desde antes da chegada de europeus a terras brasileiras. 

A fabricação de produtos artesanais com tais matérias-primas ajuda técnicas passadas de pai a filho por gerações a se manterem vivas. Ela também dá uma fonte de sustento para comunidades de diversos cantos do País. 

Lembre-se que sempre que alguém compra qualquer joia está comprando também toda a cadeia de produção por trás dela. Cabe a cada um de nós escolher o que deseja consumir para viver de uma maneira mais sustentável, seja para o meio ambiente ou para as economias locais.

4. Joias artesanais colhem os benefícios místicos de cada material usado

As pedras naturais estão presentes na maioria das culturas como itens místicos cheios de poderes. Ainda hoje, elas são usadas para proteção, para aguçar os sentidos e até mesmo trazer sorte ou paz interior e existe uma forma muito prática (e linda) de colher os benefícios de cada uma dessas pedras: usando as joias artesanais. 

Pedras naturais estão entre as matérias-primas mais populares para as peças. Podemos fazer pulseiras, colares, brincos ou o que a imaginação mandar. Isso significa que cada peça fica cheia de significados místicos que têm tudo a ver com a personalidade de quem as usa. 

Quem acredita no poder das pedras consegue mantê-las bem perto de si no formato que achar mais belo. 

5. Excelente custo x benefício de joias artesanais

Joias artesanais têm como objetivo escapar da tendência das grandes marcas de cobrar cada vez mais por um item produzido em massa. Por isso, seu preço tende a ser mais justo, sem necessariamente tirar a lucratividade dos artesãos envolvidos em sua fabricação. 

Ao mesmo tempo, os acessórios não perdem em qualidade e beleza e só têm a ganhar em exclusividade. Isso acontece graças aos materiais alternativos usados em sua produção, que garantem aquele visual único e apaixonante. 

Além disso, ao comprar joias desse tipo, temos certeza de quem está lucrando com o produto. Sabemos que marcas e fabricantes estão envolvidos, suas políticas de sustentabilidade e de conservação da cultura local. Isso não acontece ao comprar de mega corporações da indústria de acessórios sem programas de transparência. 

6. Significado sentimental para presentes com joias artesanais

Imagine como você se sentiria ao receber um presente único, joias artesanais feitas com matéria-prima da Amazônia brasileira, que combinam uma série de significados místicos e que têm muito a ver com você. Certamente, quem escolheu o presente pensou com cuidado antes de fazer sua escolha. A pessoa que lhe deu um presente assim só pode nutrir muito carinho e atenção por você. 

Não é um presente muito especial? Agora lembre-se que é isso que despertamos sempre que presenteamos com uma joia artesanal. Mostramos que estamos tomando cuidado para escolher algo exclusivamente para aquela pessoa. 

Isso torna momentos ainda mais mágicos e cheios de significado. É uma peça que fará aquela lembrança ficar na memória por anos e anos. 

Dicas para conservar joias artesanais

Essa parte do artigo é para você que já começou sua coleção com muitas joias artesanais. Elas podem durar décadas, mas precisam de alguns cuidados específicos. Seguindo as dicas que separamos abaixo, seus brincos de madeira, um colar feminino ou qualquer acessório preferido, terá beleza garantida por anos.

1. Cuidado com cremes, perfumes e maquiagem

Eles podem deixar sua pele maravilhosa, quase brilhando, mas muito do que usamos para os cuidados diários de skin care e maquiagem agride as semijoias ou peças artesanais. Isso acontece por causa dos elementos químicos que causam reações em metais, madeiras, fibras e outros materiais presentes nas peças. 

A dica é sempre deixar para colocar o acessório alguns minutos depois de aplicar seus cremes ou maquiagem. Mesmo que você esteja aplicando somente um protetor solar antes de ir à rua, aguarde cinco minutos ou até o produto estar completamente seco para colocar sua pulseira de ouro. 

Além disso, nunca aplique perfumes depois que já estiver com joias no corpo. Eles podem causar danos irreversíveis a todo tipo de materiais, de madeira a pérolas. Tome cuidado para garantir que elas ficarão intactas. 

2. Seja delicada no manuseio das joias artesanais

Manuseamos uma boa quantidade de itens pontiagudos diariamente, por isso, atenção na hora de manusear qualquer item enquanto usa suas joias artesanais ou semijoias. Qualquer pequeno arranhão pode prejudicar sua peça permanentemente!

Recomendamos tirar a peça caso perceba que está lidando com algo potencialmente perigoso. Especialmente acessórios com pedras que podem enroscar em outros objetos. Pequenos cuidados que tomamos no dia a dia ajudam a garantir que nossa joia preferida durará muito mais tempo. 

3. Evite usar durante atividades esportivas

Já falamos aqui que os elementos químicos presentes em cosméticos prejudicam os acessórios, mas existe mais um elemento bastante corrosivo que está em nossa pele: o suor. Ele é rico em uréia e ácido úrico, que são potencialmente corrosivos quando em grandes quantidades. 

O suor do dia a dia dificilmente consegue prejudicar uma semijoia banhada a ouro ou prata. No entanto, durante as atividades físicas, suamos em excesso e podemos diminuir a vida útil da peça. Além disso, as chances de enroscar o acessório em uma roupa ou equipamento esportivo durante o movimento são altas. 

4. Caso necessário, procure um novo banho de ouro ou prata

O banho de ouro ou prata dado em semijoias apresenta um desgaste natural ao longo dos anos. Com o tempo, você perceberá que sua peça está perdendo o brilho e a cor original. Isso também significa que ela está perdendo sua proteção e pode ficar mais quebradiça. 

Por isso, o ideal é procurar um novo banho de metal precioso ao perceber tais alterações. Ele não só melhora o visual da peça, como garante sua durabilidade ao longo do tempo. Em geral, o banho de ouro dura alguns anos e não precisa ser repetido com tanta frequência, mas é bom ficar atenta. 

5. Faça limpeza de rotina sem produtos químicos 

Sempre gostamos de manter as semijoias limpas, mas não podemos exagerar. Existem muitos produtos no mercado que dizem limpar ouro, pedras e metais preciosos devolvendo o brilho original, mas a realidade é que muitos deles são abrasivos. No momento da limpeza tudo fica brilhante mesmo, mas as camadas de proteção são removidas e a peça perde muito da sua durabilidade. 

Tente fazer a limpeza de rotina somente com um pano macio para remover a poeira. A sujeira está muito densa? Água morna e um pano ainda devem ser o suficiente para remover tudo. 

6. Se necessário, use somente detergente neutro e água

Se a dica anterior não funcionar, use um pano macio com água morna e detergente neutro para realizar uma limpeza mais pesada. Evite truques caseiros, como “esfregar com escova e pasta de dente” ou “usar soda cáustica” para remover ferrugem e outras sujeiras mais persistentes. 

Essas dicas são a melhor maneira de garantir que você conseguirá manter sua semijoia limpa e higienizada sem prejudicá-la.