As joias feitas de modo artesanal são diferentes e merecem ainda mais atenção por serem produzidas de forma a conservar o meio ambiente e a cultura das comunidades que as produzem. Entenda por que elas devem fazer parte da sua lista de acessórios. 

1. Consumo mais consciente (sem abrir mão da beleza)

Consumir com a mão na consciência é algo bastante difícil. No fim das contas, acabamos percebendo que toda decisão, mesmo que pareça pequena, tem um enorme impacto ambiental. As joias convencionais, por exemplo, envolvem uma cadeia de produção enorme com muito desperdício de água, matérias-primas e até poluição. 

Mesmo assim, podemos sentir a necessidade de usar acessórios e estarmos sempre bonitas. É normal e saudável cuidar do seu corpo e da sua autoestima! E isso pode ser aliado à sustentabilidade quando escolhemos joias artesanais ou biojoias

Elas usam materiais sustentáveis e possuem uma cadeia de produção menor. Ou seja, seus impactos são bem menos profundos em todas as etapas, seja no transporte, armazenagem ou até na extração de matérias-primas.

Aqui, na Ceci Joias, inclusive, trabalhamos com materiais reciclados para as embalagens, reduzindo impactos ambientais. Você se mantém linda e ainda ajuda o meio ambiente.

2. Exclusividade em joias feitas de modo artesanal

Diferentemente das joias feitas de modo artesanal, o maquinário utilizado para a produção convencional de joias pode ser programado para reproduzir o mesmo tipo de molde e corte milhares de vezes. Dessa forma, as peças são padronizadas e a mesma joia vendida no Brasil, pode estar em orelhas e pescoços na Europa ou nos EUA. 

Os processos artesanais são um pouco mais lentos, porém garantem que cada peça possua uma identidade única. Os efeitos produzidos não podem ser replicados de maneira exata em outra peça, já que tudo depende da própria matéria-prima. Uma joia de pedras naturais, por exemplo, nunca será idêntica à outra. Por isso, cada peça possui um design único, tornando-a perfeita para presentes personalizados ou para criar seu próprio estilo. 

3. Valorização de técnicas tradicionais e milenares

Já foi à Amazônia alguma vez? Talvez você tenha percebido a natureza rica cheia de cores e texturas. Os povos indígenas nativos da mata possuíam diversas técnicas próprias para a criação de acessórios inspirados em toda essa riqueza, mas algo que se perdeu ao longo do tempo e com a introdução de costumes europeus por aqui. 

Por isso, o trabalho de certas comunidades para manter sua cultura é tão importante. Elas fazem isso com projetos culturais, apresentações e… produzindo joias artesanais! Acredite, algumas técnicas para tratar, lapidar e montar joias usadas ainda hoje são heranças muito valiosas de gerações de culturas tradicionais. 

Manter tudo isso vivo através de brincos de madeira, por exemplo, talvez pareça algo simples, mas significa muito para o artesão que fez cada uma das peças. Se você pesquisar cada pedra utilizada na fabricação dessas semijoias, descobrirá histórias, lendas e costumes maravilhosos. 

4. Peças duráveis e com ótimo custo-benefício

Existem dezenas de pessoas envolvidas na fabricação de uma única peça. Desde quem coletou as matérias-primas até quem realizou o banho de ouro, cada uma delas dedicou-se a garantir que seu trabalho teria os melhores resultados. E isso envolve uma combinação de excelentes materiais e mão de obra muito especializada. 

Como resultado, conseguimos peças com alta qualidade e bom custo-benefício. Isso acontece porque, ao mesmo tempo que a peça usa matérias-primas locais de alto valor, ela evita custos excessivos com transporte, burocracias e outros problemas que afetam grandes marcas. 

Para a consumidora, isso significa a possibilidade de adquirir uma quantidade maior de peças, variar mais nos looks e ainda ser sustentável enquanto faz isso. Muitas vantagens reunidas, não é mesmo?

Como funciona a produção de joias feitas de modo artesanal

Vamos matar sua curiosidade sobre como as belíssimas joias feitas de modo artesanal são fabricadas. Lembrando: boa parte do processo foge das formas tradicionais de criar joias, semijoias e bijuterias em massa, o que é parte da beleza única desses acessórios. Entenda como funciona abaixo. 

1. Primeira etapa: design de joias feitas de modo artesanal

Para joias feitas de modo artesanal, tudo começa na imaginação de um artista que logo passa a ideia para o papel. O designer de joias artesanais é um profissional altamente qualificado que tem como função ter a ideia inicial do projeto. Ele deve determinar tamanhos, formatos e materiais que serão utilizados mais à frente. 

2. Modelagem

Antes de conseguir começar a ver qualquer parte da peça final, será necessário preparar as diversas partes da semi-joia, como fechos, correntes, entre entre outros.  O tempo de preparo dessa etapa depende da complexidade da peça, já que essas “bases” precisam estar prontas para que artesãos possam juntá-las. Mesmo que hoje em dia essas peças possam ser compradas  e muitas possam ser feitas com o auxílio de máquinas, ainda há artesãos que preferem fazê-las.

3. Seleção dos materiais de acabamento

Os materiais usados no acabamento de joias feitas de modo artesanal variam muito, e esse é o charme! Podemos usar de tudo, desde sementes da mata amazônica até os mais variados tipos de pedras naturais, fibras e madeiras. A coleta e seleção dessas matérias-primas ocorre usando técnicas diferentes para cada uma. 

Sementes, por exemplo, precisam ser selecionadas, tirando as que estão ruins, velhas ou danificadas, e tratadas para evitar que estraguem. Depois elas ainda serão tingidas de acordo com a cor final da joia desejada. Algo similar pode acontecer com outros materiais orgânicos, como fibras e madeiras. 

As pedras naturais são outro caso. Depois de serem extraídas de jazidas ou minas, elas são cortadas e polidas para conseguirem o brilho que tanto adoramos em nossos acessórios. 

4. Banho de ouro ou prata em joias feitas de modo artesanal

As partes metálicas das joias feitas de modo artesanal ainda precisam passar por um banho de ouro ou prata para evitar que causem alergias em quem usá-las. Esse banho pode ser repetido ao longo dos anos, garantindo uma vida útil mais longa à peça. Existem joias artesanais que chegam a durar décadas quando recebem os devidos cuidados.